FacebookTwitteryoutubeSlideshareAPP
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:

DESTAQUES

Sede da APFF - Porto da Figueira da Foz

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #3

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #2

Porto da Figueira da Foz em movimento #1

Porto da Figueira da Foz em movimento #2

Porto da Figueira da Foz #Crepúsculo [VÍDEO-FOTO]

Inauguração do Prolongamento do Molhe Norte do Porto da Figueira da Foz (5)

Regata dos Portos do Centro 2011 - Figueira da Foz (2)

Assinatura do contrato de concessão dos Estaleiros Navais do Mondego - José Luís Cacho

Dia Mundial do Mar na Figueira da Foz - 2010 (6)


METEO
Tempo Figueira da Foz
TWITTER
LINKS




FOTOS

 Vista aérea da Marina

Vista aérea da Marina
SLIDESHOW



CONSTRUÍDO PELA ATLANTICEAGLE SHIPBUILDING, NA FIGUEIRA DA FOZ
Ferry para Timor Leste lançado à água esta sexta-feira

O navio para Timor é um Ferry de Passageiros, construído em aço e alumínio naval, com 71,30m de comprimento, 12,60m de largura (boca), terá capacidade para 377 passageiros, 22 viaturas, além de carga, e atingirá um velocidade de 15 nós.

No dia 26 de maio, às 15 horas, é lançado à água, na Figueira da Foz, o ferryboat “Haksolok”, a primeira grande embarcação saída dos Estaleiros Navais do Mondego desde que estes foram concessionados à Atlanticeagle Shipbuilding. Esta é uma encomenda da Autoridade da Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno, enclave da República Democrática de Timor-Leste, em território indonésio.

O objetivo é melhorar as ligações entre Díli, a capital, a ilha de Ataúro e as principais localidades da costa norte do país, nomeadamente Pante Macassar, a mais povoada cidade da região.

Construído em aço e alumínio, o navio representa um investimento superior a 13 milhões de euros. Tem 72 metros de comprimento e capacidade para transportar 377 passageiros, 23 viaturas e até 3.500 quilos de carga. Responde aos requisitos internacionais mais exigentes em matéria de segurança do transporte marítimo, nos termos da convenção SOLAS (“Safety of life at sea”), e os motores com que foi dotado permitem-lhe atingir os 15 nós de velocidade (quase 28 quilómetros por hora), o que permitirá ligar Díli e o enclave de Oé-Cusse Ambeno em seis horas, reduzindo para menos de metade o tempo gasto atualmente na viagem, que varia entre as 13 e as 14 horas, em função das condições marítimas.

A cerimónia de lançamento à água do “Haksolok” - que significa felicidade em tétum - será precedida do respetivo batismo. Será madrinha a freira Guilhermina Marçal, madre superiora das Canossianas Missionárias em Timor-Leste, reconhecida apoiante da luta pela independência do país e que há dezenas de anos desenvolve um trabalho humanitário exemplar na sua terra.

Entre outros dirigentes timorenses e responsáveis institucionais portugueses, assistirá ao evento Mari Alkatiri, antigo primeiro-ministro e presidente da Autoridade da Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno e das Zonas Especiais de Economia Social de Mercado de Timor-Leste.

O contrato entre o armador português e a Atlanticeagle Shipbuilding para a construção do ‘ferry’ foi assinado em setembro de 2014 e os respetivos trabalhos iniciaram-se em julho do ano seguinte.

fonte




Data: 2017-05-23

feed
mapa